WSJ: novo rascunho deixa metas sobre emissões de fora

Um novo esboço do acordo climático negociado em Copenhague ao longo dos últimos 12 dias da 15ª Conferência das Nações Unidas para o Clima não especifica nenhuma meta de redução de emissões de gás carbônico, disse uma fonte familiar ao processo diplomático ao jornal Wall Street Journal (WSJ). De acordo com a publicação, o rascunho diz que as partes envolvidas apoiam a meta de arrecadar conjuntamente US$ 100 bilhões por ano até 2020 para ajudar os países mais pobres a mitigarem os efeitos do aquecimento global.

AE, Agencia Estado

18 Dezembro 2009 | 09h02

No documento, o dinheiro seria procedente de diversas fontes: haveria capital público e privado, bilateral e multilateral e fontes alternativas de financiamento, informou o WSJ. O texto também reconhece o ponto de vista científico segundo o qual a elevação da temperatura do planeta não deve exceder os 2 graus Celsius em comparação com os níveis anteriores à Revolução Industrial. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.