JENNIFER DALTRY/NYT
JENNIFER DALTRY/NYT

Vietnã consegue reproduzir crocodilo-siamês

Programa quer reintroduzir espécie que havia sido declarada extinta há mais de vinte anos

O Estado de S. Paulo,

19 Novembro 2010 | 13h02

O crocodilo-siamês, uma das espécies mais ameaçadas do mundo, começa a reviver num parque nacional do Vietnã graças a um programa de recuperação. O animal havia sido declarado extinto no país há mais de duas décadas. Existem agora cerca de 30 exemplares do réptil, nativo da região sudeste da Ásia, aclimatados à vida selvagem no Parque Nacional Cat Tien – onde alguns deles foram deixados nove anos atrás e já se reproduziram com sucesso.

 

“É a primeira reintrodução desses crocodilos no mundo”, afirmou Hung Ton, principal impulsionador do programa. Acredita-se que o último crocodilo-siamês tenha sido caçado no Vietnã em 1987. O animal pode medir 3 metros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.