Velocidade de geleira na Groenlândia aumenta 220% no verão

Os pesquisadores utilizaram equipamentos de GPS em uma faixa de 35 quilômetros

EFE

09 Maio 2010 | 18h10

A velocidade do movimento de uma geleira no oeste da Groenlândia aumenta 220% durante o verão em comparação com o inverno, segundo estudo.

 

A conclusão, de uma equipe de cientistas da universidade de Edimburgo, é importante para compreender como é afetado o movimento das geleiras pelo degelo de sua superfície.

 

Os pesquisadores, dirigidos por Ian Bartholomew, utilizaram equipamentos de GPS em uma faixa de 35 quilômetros na margem oeste da placa de gelo para medir a velocidade do fluxo de gelo durante o verão de 2008 e o inverno seguinte.

 

Os especialistas concluíram que, no verão, os degelo são mais intensos e que o efeito de aceleração das geleiras em resposta a esse derretimento alcançará pontos mais ao interior do território e afetará uma maior proporção da placa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.