União Europeia diz que está dentro das metas de Kyoto

O comissário de Meio Ambiente Stavros Dimas disse que isso mostra que a Europa "entrega o que promete"

Associated Press,

12 Novembro 2009 | 13h55

A União Europeia afirma que está no rumo para cumprir, ou até superar, a meta de cortar suas emissões de gases do efeito estufa em 8% sobre o nível de 1990, até 2012.

 

Veja também:

linkMeta de redução voluntária de CO2 chegará a 38%, afirma Minc

linkMetas de redução do País e de SP são iguais

linkMundo precisará de US$ 10,5 tri para limitar emissões, diz agência 

 

O comissário de Meio Ambiente da UE, Stavros Dimas, disse que isso mostra que a Europa "entrega o que promete" em termos das reduções de emissão pactuadas no Protocolo de Kyoto.

 

Ele diz também que o fato representa "um sinal muito importante e na hora certa" para as conversações sobre mudança climática previstas para o mês que vem em Copenhague, onde a UE espera que EUA, China e outras nações comprometam-se com ambiciosos cortes de CO2 para conter o aquecimento global.

 

As 27 nações da UE já prometeram cortar suas emissões em 20% até 2020, e dizem que a redução chegará a 30%, se outros países acompanharem a meta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.