Última década foi a mais quentes da história, diz ONU

Segundo meteorologistas, responsável pelas temperaturas elevadas é o fenômeno El Niño

Reuters,

08 Dezembro 2009 | 11h16

o de 2009 deve ser o quinto mais quente da história e a década 2000-2009 é a mais quente já registrada, informou a Agência Meteorológica da ONU nesta terça-feira, 8, durante a cúpula para mudanças climáticas de Copenhague.

 

Segundo o secretário-geral da Organização Meteorológica Mundial (OMM), Michel Jarraud, a década de 2000 será provavelmente a mais quente da história, superando a de 1990 e a de 1980.

 

O fenômeno El Niño, o aquecimento anormal de águas do pacífico, foi indicado pelos meteorologistas como responsável pelo calor. O ano mais quente já registrado foi 1998, também devido ao El Niño.

 

Os dados foram divulgados no segundo dia da cúpula de Copenhangue enquanto diplomatas negociam um acordo para mitigar os efeitos do aquecimento global.

 

Nesta terça, delegados trabalhavam questões técnicas para formatar as bases da parte final da conferência, a qual reunirá chefes de Estado de todo mundo, incluindo o presidente americano, Barack Obama.

 

Mais cedo, o premiê britânico, Gordon Brown, defendeu que os países europeus elevem suas propostas de corte na emissão de gases poluentes para pressionar EUA e China a oferecerem cortes mais significativos em Copenhague.

 

"Temos que fazer os países reconheceram que eles têm de ser tão ambiciosos quanto dizem ser. Falar eu quero isso, posso fazer aquilo não é o suficiente", criticou Brown.

 

A União Europeia se comprometeu a reduzir suas emissões em 20% até 2020 comparado com níveis de 1990 e pode aumentar o corte para 30% caso outros países se comprometam com reduções maiores.

 

Na segunda-feira, a agência ambiental americana anunciou que gases do efeito estufa fazem mal à saúde, o que abre caminho para uma regulação ambiental independente do Legislativo, que tem hesitado em votar leis ambientais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.