Tempestade tropical Matthew se dirige à América Central

A tempestade tropical Matthew se formou sobre o oeste do Caribe na quinta-feira e deve atingir a América Central nas primeiras horas de sexta-feira, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

REUTERS

23 de setembro de 2010 | 19h38

A tempestade, que tem ventos máximos sustentados de 65 quilômetros por hora, pode atingir a colheita de café, que deve ser iniciada em outubro nos grandes exportadores regionais Honduras e Guatemala.

A Nicarágua já reduziu sua estimativa para a safra 2010/11 após meses de fortes chuvas atingirem as plantações e estradas.

Modelos da tempestade, que pode se transformar em um furacão no fim de semana, sugerem que ela pode atingir o Golfo do México, onde a maior parte dos poços petrolíferos mexicanos estão localizados. As previsões também apontam que a tempestade pode se mover ao norte, em direção à península de Yucatán.

"O centro do furacão deve estar perto da fronteira entre Nicarágua e Honduras no final de sexta-feira e início da manhã de sábado", disse o Centro dos EUA em um comunicado.

Matthew, a 13a tempestade a ser nomeada nesta temporada, está localizado 700 quilômetros a leste de Puerto Cabezas, na Nicarágua.

O México ainda se recupera do furacão Karl, que provocou fortes chuvas no Estado de Veracruz no fim de semana passado, danificando plantações de cana-de-açúcar.

(Reportagem de Jason Lange e Patrick Rucker)

Tudo o que sabemos sobre:
CLIMAMATTHEWTEMPESTADE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.