Tempestade tropical Isaac ameaça o Caribe

A tempestade tropical Isaac passava pelo Caribe na quarta-feira e a previsão era de que virasse um furacão, enquanto se movimentava em um trajeto que a colocará na costa da Flórida na segunda-feira, no dia da abertura da Convenção Nacional Republicana em Tampa.

Reuters

22 Agosto 2012 | 15h48

A ameaça ao Caribe é certa. Isaac já se aproximava das ilhas de Leeward e há alertas para furacão em vigor em diversos locais, incluindo Porto Rico e Ilhas Virgens Britânicas e Norte-americanas.

Isaac também poderá ameaçar interesses de energia norte-americanos no Golfo do México, afirmaram meteorologistas. O centro dele estava 340 quilômetros a leste de Guadalupe na manhã de quarta, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês).

A tempestade Isaac apresentava ventos de 75 quilômetros por hora e deve se transformar em furacão até sexta-feira, quando se aproximar da costa de Hispaniola, a ilha compartilhada pela República Dominicana e pelo Haiti. Modelos feitos por computador mostram a tempestade movendo-se oeste-noroeste pela ilha na sexta-feira.

Ainda havia muita incerteza sobre o trajeto da tempestade depois da passagem projetada sobre Cuba no sábado e no domingo. Mas os modelos de computador mostraram a chegada dela no sul da Flórida na noite de domingo ou no começo da segunda.

A convenção republicana está marcada para ocorrer em Tampa, na Flórida, entre segunda e quinta-feira.

Mais conteúdo sobre:
CLIMATEMPESTADEISAAC*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.