Tempestade tropical Igor forma-se sobre leste do Atlântico

A tempestade tropical Igor formou-se sobre o extremo leste do Oceano Atlântico na quarta-feira e deve ganhar força e virar furacão dentro dos próximos dias.

REUTERS

08 de setembro de 2010 | 14h16

O Centro Nacional de Furacões dos EUA afirmou que Igor não apresentava nenhuma ameaça imediata a terra. A tempestade mantinha ventos sustentados perto de 65 quilômetros por hora e movia-se lentamente em direção oeste a 13 quilômetros por hora.

Ele deverá centralizar-se ao sul das Ilhas de Cabo Verde até quinta-feira, informou o centro de furacões, com sede em Miami.

O centro informou que modelos de computador mostraram Igor ganhando força de furacão "dentro dos próximos dias", movendo-se para o oeste a uma velocidade crescente.

Ainda é muito cedo para calcular a ameaça potencial de Igor para o Caribe ou à infra-estrutura norte-americana no Golfo do México.

Os investidores do setor de energia ficam atentos às tempestades que podem entrar no Golfo porque a região abriga cerca de 30 por cento da produção de petróleo norte-americana, 11 por cento da produção de gás natural e mais de 43 por cento da capacidade de refinação dos EUA.

Tudo o que sabemos sobre:
AMBIENTEFURACAOATLANTICO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.