Tempestade tropical Ernesto ganha força e ruma para Honduras

A tempestade tropical Ernesto ganhou força no oeste do Mar do Caribe nesta segunda-feira e a previsão é que deveria entrar na Península de Yucatán, no México, como um furacão, afirmaram meteorologistas norte-americanos.

Reuters

06 Agosto 2012 | 15h30

Ernesto apresentava ventos sustentados de 100 quilômetros por hora ao meio-dia e deveria ultrapassar o limite de 119 quilômetros por hora e se tornar um furacão até a noite desta segunda-feira. A tempestade se encaminhava para a costa de Honduras, onde estavam previstas chuvas torrenciais.

O governo mexicano emitiu um alerta para furacão em partes da costa leste do Yucatán. Alertas para furacões e tempestades tropicais foram feitos em outras partes da Península do Yucatán e na costa de Honduras, nas Bay Islands e em Belize.

A tempestade movimentava-se na direção oeste-noroeste e estava cerca de 305 quilômetros a leste-nordeste da fronteira entre Nicarágua e Honduras.

"Na rota da previsão, o centro passará ao norte da costa de Honduras esta noite e na terça, e se aproximará da costa leste da Península de Yucatán na manhã de quarta-feira", afirmaram os meteorologistas do Centro Nacional de Furacões dos EUA, em Miami.

Mais conteúdo sobre:
AMBIENTEERNESTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.