Tempestade Lee ameaça sudeste dos EUA com fortes chuvas

Depois de testar a defesa contra inundações em Nova Orleans no final de semana, a tempestade tropical Lee se deslocou para o nordeste nesta segunda-feira, depois de se enfraquecer para a categoria de depressão tropical, e ameaçou trazer fortes chuvas e enchentes para grande parte do sudeste dos Estados Unidos.

KATHY FINN, REUTERS

05 Setembro 2011 | 07h36

Ao se deslocar lentamente para o interior do continente, a forte tempestade se aproximava do Mississipi nesta segunda-feira, e estava a caminho do Alabama, Tennessee e Kentucky na quarta e quinta-feira, disse o Centro Nacional de Furacões dos EUA.

Mesmo na condição de uma depressão tropical, os resquícios do Lee têm o potencial de provocar 25 a 38 centímetros de chuvas na região do Golfo, disseram os meteorologistas. Fortes chuvas devem se espalhar pelo vale do Tennessee e nas montanhas Appalachianas até terça-feira com chuvas de 10 a 20 centímetros.

"Essas chuvas devem provocar extensas inundações e enchentes relâmpago", disse o centro de monitoramento, acrescentando que tornados eram possíveis nesta segunda-feira em partes de Louisiana, Mississippi, Alabama, no Panhandle da Flórida e sudoeste da Geórgia.

Os ventos provocariam enchentes relâmpago no vale do Tennessee e nas montanhas Appalachianas semelhantes àquelas vistas recentemente em Vermont após o furacão Irene.

Mais conteúdo sobre:
CLIMATEMPESTADELEE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.