Tempestade Frank perde força e se distancia da costa do México

A tempestade tropical Frank perdia um pouco de força nesta segunda-feira enquanto se distanciava do litoral mexicano no oceano Pacífico, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

REUTERS

23 de agosto de 2010 | 19h28

Frank estava às 18h (horário de Brasília) a 230 quilômetros do balneário de Acapulco, um dos principais centros turísticos do país, que não foi afetado pela tempestade.

O fenômeno climático mantinha ventos máximos sustentados de 85 quilômetros por hora e se movia na direção oeste-noroeste a 15 quilômetros por hora, disse o centro em um comunicado.

"Na previsão de trajetória, Frank deverá permanecer em rota paralela à costa central do México até quarta-feira", acrescentou.

No sul do México e na América Central, os furacões costumam provocar fortes chuvas que, frequentemente, causam inundações e deslizamentos de terra.

Os furacões no Pacífico mexicano normalmente afetam centros turísticos, mas não instalações petrolíferas, que estão em grande parte localizadas no Golfo do México.

(Reportagem de Anahí Rama)

Tudo o que sabemos sobre:
CLIMAFRANKENFRAQUECE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.