Temer cria programa para revitalizar São Francisco

Obras de saneamento e abastecimento beneficiarão 217 municípios e representam investimentos de R$ 1,162 bilhão entre 2016 e 2019

Carla Araújo e Tânia Monteiro, O Estado de S. Paulo

09 Agosto 2016 | 17h04

O presidente em exercício Michel Temer assinou nesta terça-feira, 9, decreto que institui o programa de revitalização da Bacia do Rio São Francisco, que será batizado de "Novo Chico". De acordo com dados do Ministério da Integração Nacional, as obras de saneamento e abastecimento beneficiarão 217 municípios e representam investimentos de R$ 1,162 bilhão entre 2016 e 2019.

O Ministério da Integração será responsável pela secretaria executiva do Comitê Gestor do programa de revitalização, que será presidido pela Casa Civil. De acordo com o decreto o grupo de trabalho, formado com outras pastas e com governadores dos Estados que compõem a bacia, em até 90 dias há o compromisso de aprovar o regimento interno do comitê. O decreto que será assinado nesta terça atualiza o texto anterior de junho de 2001, que criou o Projeto de Conservação e Revitalização do Rio São Francisco.

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, disse que o governo tem "pressa" e precisa "agir o quanto antes". "Sabemos que estas medidas deveriam ter sido feitas antes da transposição, já concluímos 90% das obras", afirmou, ressaltando que a política da revitalização pode dar tranquilidade "a médio prazo" para que o rio possa servir o Brasil.

Mais conteúdo sobre:
Rio São Francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.