Arquivo/AE
Arquivo/AE

TAM promoverá um voo de teste com biocombustível no segundo semestre

Companhia utilizará uma mistura de querosene com um óleo obtido a partir do pinhão manso

Efe

28 Abril 2010 | 14h10

SÃO PAULO - A companhia aérea TAM fará um voo de teste com um avião da Airbus movido a bioquerosene no segundo semestre do ano, que será o primeiro do tipo na América Latina, informou nesta quarta-feira, 28, a companhia.

 

Em uma nota de imprensa, a companhia anunciou que planeja realizar o voo experimental com um avião sem passageiros que utilizará um combustível que é uma mistura de querosene com um óleo obtido a partir do pinhão manso.

 

"Fazemos nossos maiores esforços para utilizar matéria-prima brasileira na produção de combustível com benefícios econômicos e sociais relevantes", disse o presidente da TAM, Líbano Barroso.

 

Segundo Barroso, a biomassa utilizada para a produção do combustível "é 100% nacional, procedente de projetos de agricultura familiar e de fazendas do interior do Brasil, dedicadas à cultura pioneira do pinhão manso".

 

O teste será feito com um Airbus A320, que já faz parte da frota da TAM, equipado com motores da CFM International, e cumprirá com as normas dos órgãos reguladores de aviação, acrescentou o comunicado.

 

A TAM estuda sua participação no desenvolvimento de uma cadeia de produção de biomassa vegetal para criar uma plataforma brasileira encarregada de gerar de biocombustíveis para aviões.

 

Segundo estudos da Universidade Tecnológica de Michigan, os biocombustíveis produzidos com pinhão manso reduzem as emissões de carbono em entre 65% e 80%.

Mais conteúdo sobre:
TAM aviaçao teste biocombustivel bioquerosene

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.