Supermercados querem reduzir 40% das sacolas plásticas até 2015

A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) anunciou ontem a meta de reduzir em 40% o uso de sacolas plásticas nos supermercados de todo o País até 2015.

O Estado de S. Paulo,

26 Novembro 2010 | 12h24

 

Veja também:

Câmara de SP adia votação para proibir sacola plástica

Sacolinhas podem ser proibidas em São Paulo

 

Segundo a entidade, a iniciativa faz parte de um plano em consonância com a Política Nacional de Resíduos Sólidos e visa a promover o consumo consciente. A Abras defende uma lei federal única para restringir o consumo das sacolas.

 

“Vamos fazer a nossa parte. Mas é preciso que o Poder Público também faça a dele, criando uma lei federal única para disciplinar a utilização das sacolinhas e ações efetivas para incentivar a reciclagem”, diz Sussumu Honda, presidente da Abras.

Mais conteúdo sobre:
SacolasPlásticoConsumoAbras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.