Alexandre Lombardi / Divulgação
Alexandre Lombardi / Divulgação

Sorocaba ganha jardim botânico com palacete de cristal

SOROCABA - Um palacete de vidro com estruturas metálicas vai abrigar as principais coleções de plantas nativas e ornamentais do Jardim Botânico de Sorocaba. A construção, inspirada nos palácios de cristal de Londres, Petrópolis e Curitiba, será inaugurada no próximo dia 15, com as demais instalações da nova atração da cidade. Sorocaba passa a integrar a lista de 36 cidades brasileiras que possuem essas unidades de conservação, conforme a Rede Brasileira de Jardins Botânicos.

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

06 Março 2014 | 15h57

O prédio é majestoso e fica numa área com vegetação de transição entre o Cerrado e a Mata Atlântica, no Jardim Dois Corações, próximo de outro cartão postal da cidade, o Parque das Águas. Além do lazer, o jardim botânico será voltado para pesquisas da flora e educação ambiental. "O foco será a pesquisa com espécies locais e regionais, especialmente as mais ameaçadas", disse a secretária do Meio Ambiente, Jussara de Lima Carvalho.

O palacete tem mezanino e passarela para apreciação dos canteiros internos e paisagem exterior. Também é dotado de elevador e outros recursos para pessoas com deficiência. O herbário, com biblioteca de plantas secas prensadas, servirá como fonte de pesquisa da biodiversidade. Outras salas abrigarão cursos e atividades de educação ambiental. Um sistema armazena água da chuva para irrigação das plantas.

Nos arredores os visitantes terão acesso a um orquidário, um roseiral, espelhos d'água e ao mirante, que permite uma vista panorâmica da cidade. Também poderão visitar áreas arborizadas com espécies nativas.

Resultado de um investimento de R$ 5 milhões, o Jardim Botânico de Sorocaba funcionará de terça a domingo, das 9 às 17 horas, com entrada gratuita.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.