Senadora Kátia Abreu (DEM-TO) recebe prêmio ‘Motosserra de ouro’ do Greenpeace

Na COP-16 em Cancún, ativista tenta entregar uma réplica de motosserra dourada à senadora ruralista

estadao.com.br,

08 Dezembro 2010 | 18h06

A senadora Kátia Abreu (DEM-TO) recebeu do Greenpeace na manhã desta quarta-feira, em Cancún, o prêmio “Motosserra de Ouro”. Segundo o site oficial da ONG, o “prêmio” é um símbolo “de sua luta incansável pelo esfacelamento da lei que protege as florestas do país”, referindo-se à proposta do novo Código Florestal do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), que, se aprovada, vai abrir novas concessões a desmatadores. A bancada ruralista do Congresso, da qual a senadora faz parte, tem procurado apressar a votação da nova proposta na Câmara dos Deputados.

 

Veja também:

Para senadora, "reserva legal é inútil"

 

Uma ativista do Greenpeace fantasiada de índia tentou entregar o prêmio, uma réplica de motosserra dourada, no lobby do hotel em que Abreu está hospedada em Cancún, onde participa da COP-16 da ONU sobre o clima. “A senadora desprezou o agrado, visivelmente irritada, e deixou para a ativista apenas os comentários irônicos de seus assessores”, declara o site oficial do Greenpeace.

 

IVAN CASTANEIRA/ DIVULGACAO

 

Em seu twitter oficial, Kátia Abreu, presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), se defende: “Estou na COP-16. Infelizmente, encontrei aqueles que fazem teatro em torno do meio ambiente para manterem seus salários.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.