Senado dos EUA não deve aprovar lei climática em 2010

Em vez disso, uma lei mais limitada, sobre política energétuca, deverá passar pelo Congresso

Reuters,

19 Janeiro 2010 | 16h56

O senador norte-americano Byron Dorgan disse nesta terça-feira, 19, que não acredita que o Senado aprove a legislação sobre mudança climática este ano. 

 

EUA pedem que outros países adotem metas de emissões de carbono      

             

Ele afirmou que, em vez disso, a Casa se concentraria em um projeto separado sobre energia que teria mais apoio bipartidário.  

 

Dorgan, que está na liderança dos democratas no Senado, disse que seria difícil para os senadores se dedicarem a uma polêmica legislação de mudança climática depois do debate sobre sistema de saúde pública.           

                     

"Minha avaliação é a de que provavelmente não voltaremos à mudança climática este ano, mas no lugar dela a um projeto sobre energia", disse Dorgan a jornalistas numa conferência por telefone.             

                   

Ele disse que uma legislação já liberada pelo Comitê de Recursos Naturais e Energéticos do Senado teria mais chances de passar.          

                      

Essa lei deve exigir que uma quantidade maior de eletricidade tenha origem em fontes renováveis e amplia a perfuração em alto-mar no leste do Golfo do México.            

                    

(Reportagem de Tom Doggett)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.