Sarkozy, Rasmussen e Ban Ki-moon apoiam tratado sobre clima

Chefes de Estado e ONU voltam a discutir sobre mudança climática na Cúpula da Comunidade das Nações

Efe,

19 Novembro 2009 | 09h27

O presidente da França, Nicholas Sarkozy, o primeiro-ministro da Dinamarca, Lars Lokke Rasmussen, e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, apoiarão um novo tratado sobre a mudança climática na Cúpula da Comunidade das Nações em Trinidad e Tobago na próxima semana.

 

Veja também:

linkONU sugere controle de natalidade para combater aquecimento

linkEstados Unidos e China agora falam em metas para o clima

 

O primeiro-ministro de Trinidad e Tobago, Patrick Manning, informou nesta quinta-feira, 19, que Sarkozy, Rasmussen e Ban Ki-moon participarão das discussões sobre a mudança climática na cúpula que será realizada em 27 ao 29 de novembro nesta ilha caribenha.

 

Os chefes de Estado e de Governo do mundo se reunirão em Copenhague em dezembro na conferência sobre mudança climática e discutirão um novo acordo que substitua ao Protocolo de Kioto, que expira em 2011.

 

O tema faz parte da agenda da Conferência de Chefes de Estados-membros da Comunidade das Nações à qual confirmaram sua assistência 40 dos 51 integrantes.

 

A Comunidade das Nações é uma associação voluntária de mais de 50 estados soberanos que, com a exceção de Moçambique, compartilham laços históricos com o Reino Unido, a antiga metrópole colonial.

 

É uma organização através da qual, países com diversos antecedentes sociais, políticos e econômicos cooperam em um marco de valores e objetivos comuns da Declaração de Princípios da Comunidade das Nações assinada em Cingapura o 22 de janeiro de 1971 e ratificada pela Declaração de Harare de 1991.

Mais conteúdo sobre:
Sarkozy Rasmussen Ban Ki-moon clima

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.