REUTERS/Sergio Moraes
REUTERS/Sergio Moraes

Santander Brasil diz que será 100% abastecido por energia renovável até 2025

Meta deverá ser cumprida nas 2.286 unidades de atendimento, em todo o país, até o fim de 2021

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2019 | 02h01

SÃO PAULO - O Santander Brasil anunciou nesta quinta-feira, 7, que assumiu o compromisso de usar energias renováveis em 100% de suas operações até o ano de 2025.

A meta, anunciada na Semana Nacional do Meio Ambiente, deverá ser cumprida nas 2.286 unidades de atendimento, em todo o país, até o fim de 2021. Até 2025, o banco será renovável em todas as suas operações, o que inclui os prédios administrativos e o centro de processamento de dados Data Center, em Campinas (SP).

"Isso é parte de uma agenda de responsabilidade socioambiental ainda maior, que passa pela adoção de boas práticas em todas as nossas operações e relações com funcionários, clientes, fornecedores e a sociedade", afirmou o presidente do Santander Brasil, Sérgio Rial."Mais do que números, estamos comprometidos com princípios, que são inegociáveis, de atuar de forma sustentável", acrescentou.

Ainda neste ano, 30% das agências serão abastecidas por energia limpa, e o percentual será elevado para 70% já em 2020. O índice já chega a 100% na rede de atendimento de Minas Gerais; no Rio de Janeiro, é gira em torno  de 70%. Atualmente, apenas 17% deste consumo é suprido por fontes alternativas, como solar, eólica, pequenas hidrelétricas e biogás de aterros sanitários.

O Santander também informou ter reduzido desde 2015 o seu consumo de energia (25%) e de água (79%), o que já colaborou para uma redução de 33% no volume de emissões de gases de efeito estufa da atividade. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.