Rede de esgoto gera energia para o ar-condicionado

Empresa usa a rede pública de esgoto para alimentar o ar-condicionado de edifícios, com economia de 40%

Gustavo Bonfiglioli, O Estado de S. Paulo

07 Junho 2011 | 21h53

Ar-condicionado e eficiência energética não combinam. A sensação térmica agradável gera entre 50% e 60% do consumo energético total de um prédio. Um sistema criado pela empresa alemã Huber usa a rede pública de esgoto para alimentar o ar-condicionado de edifícios. A economia é de 40%. Confira abaixo.

 

1) Fluido diferente

 

Fotos: Divulgação

 

Gerar energia para climatizar edifícios consiste em um sistema de troca de calor, com um fluido. No caso, o líquido é a rede de esgoto, ligada ao sistema.

 

2) Bomba de calor

 

 

O sistema usa 72% do potencial térmico da água residual do esgoto: é um processo que consiste em uma bomba (foto) e trocadores de calor. O esgoto depois retorna à rede.

 

3) Troca

 

 

Por usar água residuária, a máquina que faz a troca de calor deve ter uma tecnologia autolimpante periódica, que retira os resíduos da evaporação do esgoto.

 

4) Projeto piloto

 

 

Este é um dos cinco edifícios em Straubing, Alemanha, em que o sistema aquece com energia proveniente da rede pública de esgoto da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.