Quatro espécies de polvos são descobertas na Antártida

Adelieledone polymorpha e Megaleledone selebos têm veneno anticongelamento para se proteger

22 Julho 2010 | 11h39

   

Fotos: Reuters/University of Melbourne

 

O polvo Adelieledone polymorpha (acima) é uma das quatro novas espécies que os pesquisadores descobriram na Antártida. Os animais têm veneno anticongelamento que funcionam a temperaturas negativas, uma prova de adaptação ao ambiente.

 

O achado ocorreu durante expedicção de seis meses ao continente em 2007 e saiu na revista científica 'Toxicon'. Os pesquisadores querem analisar o veneno para ver se ele pode ser usado no desenvolvimento de remédios.

 

Os polvos abrem pequenos buracos em presas maiores e, por meio deles, injetam a saliva tóxica.

 

A imagem acima é da espécie Megaleledone selebos, também recém-encontrada na Antártida.

Mais conteúdo sobre:
Antártidapolvos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.