Nilton Fukuda|Estadão
Nilton Fukuda|Estadão

Quanto custa ser ecológico?

Estadão traz pesquisa com comparação entre produtos ecológicos e versões com maior impacto ambiental

Érika Motoda e Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2020 | 05h00

Os produtos ecológicos costumam ser um pouco mais caros ou difíceis de encontrar, quando comparados com suas versões com maior impacto ambiental. Os profissionais das lojas especializadas, no entanto, citam maior durabilidade e longa vida útil, além da possibilidade de compostagem (transformação em adubo) e a ausência de plástico na composição. Com isso, a compra dos itens ecológicos vale a pena a médio e longo prazo em relação aos outros produtos. Em países em desenvolvimento, como o Brasil, também vale apostar nas soluções mais simples, como a volta das embalagens retornáveis de bebidas ou venda a granel de produtos de limpeza.

Para quem quer fazer a comparação da relação custo x benefício, o Estadão fez uma pesquisa entre os dias 12 e 13 de agosto nos sites das principais varejistas e marketplace e também consultou lojas especializadas. São eles: Amazon, Magazine Luiza, Submarino, Extra, Pão de Açúcar, Carrefour, Drogaria São Paulo e Drogasil

Cotonete

Apenas o site do Carrefour tinha cotonetes ecológicos, cujas hastes são feitas de madeira, disponíveis para compra. A caixa com 75 cotonetes da marca própria estava a R$ 2,55. A outra opção era o pacote com 100 unidades, vendido e entregue pela Ekological, a R$ 28,99. Base de comparação: cotonetes feitos com plástico costumam custar entre R$ 3,79 e R$ 17,29, dependendo do tamanho do pacote, e estavam disponíveis em todas as lojas virtuais. 

Escova de dente

Amazon, Submarino, Drogasil, Carrefour e Extra têm no seu portfólio escovas de dente feitas com bambu. A unidade mais barata foi encontrada no Submarino por R$ 15, e a mais cara, também no Submarino, por R$ 28,90.  Na Mappei – uma vida sem plástico, especializada em produtos com baixo impacto ambiental, uma escova custa R$ 23. Base de comparação: escovas de dente feitas com plástico podem ser encontradas a partir de R$ 5. 

Talher descartável para festa

Na Amazon, um conjunto de 8 talheres de madeira podia ser importado por R$ 43,85. Base de comparação: Um pacote com 50 unidades de talheres de plástico custa a partir de R$ 4,50. 

Caneta

Somente o Submarino disponibilizava uma unidade avulsa de caneta feita com papelão a R$ 4,72. Na Amazon, Carrefour e Extra, era necessário comprar de R$ 11,70 com caderneta e a caneta. Base de comparação: uma caneta esferográfica cuja base é feita de plástico pode ser encontrada a menos de R$ 1.

Escova para louça

No Submarino, uma escova de tampico e coco para lavar louças estava disponível a R$ 82. Base de comparação: Uma escova para louças comum custa a partir de R$ 16,99

Esponja para banho 

Embora menos abundantes no mercado, as buchas vegetais têm um preço que praticamente se iguala com os seus pares menos ecologicamente corretos. O item com o preço mais baixo foi encontrado na Amazon, a R$ 3,80. Na Mappei, uma bucha vegetal custa R$ 6.

Pente de cabelo

Os pentes de madeira para cabelo também têm um preço competitivo em relação aos seus pares feitos com plástico. O mais barato foi encontrado no Magazine Luiza a R$ 6,79

Barbeador

Na Amazon, um barbeador de aço inoxidável ecológico pode ser importado por R$ 129,75. Base de comparação: Um kit com dois aparelhos de barbear descartáveis, feitos de materiais comuns, podem ser encontrados a partir de R$ 5,32.    

Tudo o que sabemos sobre:
retomada verdeeconomiameio ambiente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.