Projeto britânico quer proteger espécies de anfíbios ameaçadas

Segundo ONG londrina, serão preservadas as 10 espécies raras que mais correm o risco de desaparecer

Da BBC Brasil, BBC

21 de janeiro de 2008 | 10h00

A ONG Sociedade Zoológica de Londres (ZSL, na sigla em inglês) está lançando um programa de conservação ambiental que visa proteger dez espécies raras de anfíbios ameaçadas de extinção. Os anfíbios foram selecionados de acordo com um critério que avalia seu grau de distinção evolutiva em relação aos demais e a ameaça de extinção (EDGE, na sigla em inglês). Entre cem espécies de anfíbios identificadas, a iniciativa pretende angariar fundos para preservar as dez mais ameaçadas, como a salamandra que pode atingir a altura de um ser humano, o sapo colorido que incha ao se sentir ameaçado e o sapo que, segundo alguns ambientalistas, seria o menor do mundo, com apenas 11 milímetros de comprimento. "Essas espécies estão sendo esquecidas pelos projetos de conservação atuais e poderão desaparecer se ações não forem tomadas imediatamente", diz a coordenadora do projeto, Helen Meredith. "Esses animais não são bonitinhos, mas esperamos que sua aparência bizarra e comportamento estranho inspirem as pessoas a ajudarem na sua preservação." Os especialistas explicam que mudanças climáticas, perda do habitat, poluição e doenças são alguns dos fatores responsáveis pelo extermínio de várias espécies de anfíbios em todo o mundo. De acordo com os especialistas, metade do total de espécies existentes está em declínio e um terço está ameaçada diretamente de extinção.   BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.