JF DIorio/AE
JF DIorio/AE

Produzir 1 kg de carne no Brasil equivale a rodar 1,6 mil km de carro

Pesquisa leva em consideração área de pasto para animais, que reduz superfície florestal

Efe

24 Maio 2012 | 09h58

A produção de um quilo de carne bovina no Brasil pressupõe a emissão de 335 quilos de dióxido de carbono (CO2) no ar, o equivalente ao que é emitido em uma viagem de 1,6 mil quilômetros em um automóvel europeu médio, aponta um estudo recente de pesquisadores da Áustria e Holanda. Os resultados do trabalho foram divulgados nesta quinta-feira, 24, pela agência APA.

 

No caso da carne de vaca produzida na Holanda, um quilo equivale a 111 quilômetros de automóvel, pois nas duas situações o CO2 emitido é de 22 quilogramas.

 

Kurt Schmidinger, da Universidade de Viena, e Elke Stehfest, de uma agência holandesa que avalia o impacto ambiental da atividade humana, desenvolveram um sistema especial para fazer estabelecer o custo climático dos alimentos.

 

A maior inovação nestes cálculos é que, além das emissões na produção dos alimentos, o estudo também contabiliza a superfície do pasto para os animais, um fator ignorado até agora, apesar de ser considerado central para a mudança climática.

 

A razão é que os gramados de grandes superfícies impedem o desenvolvimento de florestas e plantas naturais, que por sua vez atuam absorvendo CO2 da atmosfera, o que combate o efeito estufa. Segundo os especialistas, a produção de alimentos vegetais é a menos nociva para o meio ambiente. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.