Casper Christoffersen/REUTERS
Casper Christoffersen/REUTERS

Prefeitos de todo o mundo chamam atenção para aquecimento

Líderes municipais se reúnem em Copenhague parelalamente à COP-15

Associated Press

15 Dezembro 2009 | 11h46

O prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg, disse nesta terça-feira que as cidades em todo o mundo terão que contribuir para reduzir as emissões de gases de efeito estufa sob um novo acordo climático, pois os governos nacionais não podem resolver o problema por conta própria.

 

Bloomberg e outros prefeitos e autoridades de cerca de 80 cidades estão reunidos em Copenhague em uma conferência sobre clima e energia para comparar como as cidades podem combater as alterações climáticas e poupar dinheiro nos gastos com energia e outros fins. 

 

A reunião de cinco dias está sendo realizada paralelamente à segunda semana de negociações da cúpula da ONU, destinada a impulsionar os esforços internacionais para reduzir as emissões de dióxido de carbono e outros gases responsáveis pelo aquecimento global.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.