Prefeito de NY reforça ordem de esvaziamento de áreas críticas

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, reforçou o alerta para que os moradores de regiões mais vulneráveis da cidade cumpram a ordem de esvaziamento decretada neste sábado, afirmando que a aproximação do furacão Irene é perigosa e causa risco de mortes.

REUTERS

27 Agosto 2011 | 10h59

Alguns dos 370 mil residentes da cidade receberam ordens para deixar suas casas em áreas baixas, muitas delas nos bairros de Brooklyn e Queens.

"Ficar é perigoso, ficar é bobagem e é contra a lei", disse Bloomberg a jornalistas realizada em Coney Island, no Brooklyn.

O sistema de metrô subterrâneo da cidade vai fechar ao meio dia, afirmou Bloomberg, insistindo para as pessoas deixarem suas casas imediatamente.

Mais conteúdo sobre:
CLIMA IRENE PREFEITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.