Eduardo Carvalho
Eduardo Carvalho

Por que você foi à COP-26? Assista a depoimentos de quem representou o Brasil em Glasgow

A cientista política Ilona Szabó, fundadora do Instituto Igarapé, fez essa pergunta a várias pessoas presentes na COP-26; confira

João Gabriel de Lima, O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2021 | 05h00

Uma das características centrais da COP-26, a conferência do clima de Glasgow, é a participação intensa da sociedade civil. O Brasil teve um contingente recorde de empresários, indígenas, ambientalistas, representantes do agronegócio, do movimento negro e de movimentos jovens. Mas o que todas essas pessoas, que vieram fora da delegação oficial, vieram fazer na COP? A cientista política Ilona Szabó, fundadora do Instituto Igarapé, fez essa pergunta a vários deles.

As respostas estão nestes vídeos, que refletem a diversidade da sociedade brasileira. Participam:

  • Ana Carolina Bragança, procuradora da República do Amazonas;
  • Ana Lúcia Villela, do Banco Itaú e do Instituto Alana;
  • Marcello Brito, da Associação Brasileira do Agronegócio;
  • Marcelo Rocha, da Fridays for Future;
  • Mônica Sodré, da RAPS, Rede de Ação Política pela Sustentabilidade;
  • Natalie Unterstell, presidente do Talanoa, Instituto Internacional de Políticas Públicas;
  • Raull Santiago, ativista político e empreendedor;
  • Tasso Azevedo, coordenador geral do Instituto Mapbiomas e membro do conselho de sustentabilidade do Banco Santander;
  • e Txai Suruí, líder indígena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.