AP, O Estado de S. Paulo

24 de agosto de 2010 | 12h58

 

Kazutaka Sangen é prefeito da cidade japonesa de Taiji, conhecida pela pesca de golfinhos. Sangen disse que sua comunidade não está sensibilizada com os apelos estrangeiros e o golfinho continuará a fazer parte da culinária local – um quilo da iguaria pode ser encontrado por cerca de US$ 20 nos supermercados da cidade. “Passaremos essa tradição para a próxima geração. Não estamos preocupados com as críticas.”

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
golfinhosmeio ambienteplaneta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.