Polícia de Queensland/AFP
Polícia de Queensland/AFP

Polícia encontra bebê coala em bolsa de mulher na Austrália

Ela foi abordada por outro motivo e revelou que portava o marsupial de cerca de 6 meses; animal está ameaçado de extinção no país

O Estado de S.Paulo

07 Novembro 2016 | 09h36

SYDNEY - A polícia australiana encontrou neste domingo, 6, um bebê coala escondido na bolsa de uma mulher parada em uma rua de Brisbane, no Estado de Queensland. Ela havia sido abordada por outro motivo e assustou os policiais ao revelar que portava o animal.

"Não acreditando no que ouviram, os policiais desabotoaram cuidadosamente a bolsa e acharam este lindo garoto", disse a polícia de Queensland. "O coala aparenta ter cerca de 6 meses de idade e está em boas condições de saúde, embora esteja um pouco desidratado."

A mulher afirmou que encontrou o marsupial, que é protegido pela Lei de Conservação da Natureza, na noite de sábado, 5, e que cuidava dele desde então. O animal foi entregue à RSPCA, uma instituição de caridade destinada à proteção animal, que o apelidou de Alfred.

"Em breve, ele terá a companhia de um cuidador", disse o porta-voz da RSPCA, Michael Beatty.

A mulher foi presa por outros "motivos pendentes", informou a polícia.

Risco. Amados, os coalas estão nas últimas décadas sob crescente ameaça de extinção em toda a Austrália em função da perda de habitat, de doenças, dos ataques de cães e dos incêndios.

Segundo estimativa de 2012, havia no país 330 mil coalas. O número real, porém, é difícil de descobrir porque eles vivem no topo de árvores. /AFP

Mais conteúdo sobre:
Austrália

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.