Plástico ameaça vida de tartarugas marinhas no Adriático, na Europa

Uma em cada três tartarugas-cabeçudas (Caretta caretta) encontradas no Mar Adriático, na Europa, contém plástico no organismo. Isso mostra que a região é uma das mais poluídas da Europa, aponta estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Zagreb, na Croácia, publicado na revista Marine Pollution Bulletin.

O Estado de S. Paulo

08 Novembro 2010 | 11h55

 

Os cientistas examinaram 54 tartarugas-cabeçudas, espécie marinha, encontradas mortas por pescadores. Em uma só tartaruga, 15 fragmentos de plástico foram encontrados.

Mais conteúdo sobre:
Adriático Poluição Tartarugas Plástico

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.