Toby Melville/Reuters
Toby Melville/Reuters

Petrolífera BP diz que arcará com todos os danos provocados pelo vazamento

Presidente da companhia teme que projeto de expansão da exploração nos EUA seja afetado

Reuters

30 Abril 2010 | 13h10

WASHINGTON - A companhia petrolífera BP anunciou nesta sexta-feira, 30, que pagará por todos os danos provocados pelo grande vazamento de petróleo provocado pela explosão de uma plataforma no Golfo do México.

 

Veja também:

linkEUA não permitirão abertura de novos poços até fim da análise do vazamento

linkVazamento de óleo já atingiu costa da Louisiana

mais imagens Veja imagens do vazamento de petróleo nos EUA

especialPrincipais vazamentos de petróleo no mundo e nos Estados Unidos

 

"Estamos assumindo total responsabilidade pelo vazamento, fazendo a limpeza e ressarcindo todos aqueles que apresentarem reclamações legítimas de danos. Vamos ser muito ativos nessas ações", prometeu Tony Hayward, presidente executivo da BP.

 

Hayward disse temer que o incidente com a mancha de óleo, que deve alcançar a costa da Louisiana ainda nesta sexta-feira, comprometa a proposta do presidente Barack Obama de abrir áreas em alto mar para a exploração de petróleo, que atualmente é proibido.

 

"Possivelmente o setor terá problemas com este incidente, avaliando o que poderá e não poderá ser aberto (novos poços de petróleo) a partir de agora", afirmou o presidente do BP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.