Arquivo Petrobrás
Arquivo Petrobrás

Petrobrás estuda soluções para emissões do pré sal

Empresa diz que está desenvolvendo tecnologias de captura e armazenamento geológico do CO2 associado ao petróleo

Karina Ninni, estadao.com.br

02 Agosto 2011 | 15h27

No relatório de sustentabilidade publicado em julho, a Petrobrás anunciou aumento de 26% no investimento ambiental em 2010. A gerente-geral de Eficiência Energética e Emissões, Beatriz Espinosa, explica o motivo:

O investimento da empresa em ambiente foi de mais de R$ 2,4 bilhões em 2010. Onde foi empregado o dinheiro?

Desse total, 89%, ou seja, R$ 2,165 bilhões, correspondem a gastos com a produção ou a operação da empresa e 11%, ou R$ 258 milhões, a investimentos em patrocínios ambientais. Dispêndios com produção e operação cresceram 16% em relação a 2009, distribuídos pela gestão de emissões atmosféricas, recursos hídricos e efluentes, entre outros. Já os investimentos em patrocínios ambientais aumentaram 174%.

Quanto a empresa emite de gases de efeito estufa e quais seriam as emissões do pré-sal?

Em 2010 emitimos 61 milhões de toneladas de CO2 equivalente. A empresa divulga seu inventário de emissões no Relatório de Sustentabilidade e iniciativas como o Programa Brasileiro GHG Protocol e o Carbon Disclosure Project (CDP). Quanto à camada do pré-sal, não há estudos conclusivos sobre concentração de CO2, mas estamos desenvolvendo tecnologias de captura e armazenamento geológico do CO2 associado ao petróleo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.