Pelo menos 10 tornados causam destruição na Flórida e Geórgia

Tornados destruíram casas, torres deeletricidade e majestosos carvalhos na sexta-feira na Flórida ena Geórgia (sudeste dos EUA), deixando feridos sem gravidade.Não há registro de mortes. O Serviço Nacional de Meteorologia disse que pelo menos deztornados atingiram a região, cortando a energia elétrica nonorte da Flórida e no sul da Geórgia. Joe Thornton, morador da Flórida, contou que tinha acabadode sair para o trabalho quando recebeu um telefonema dandoconta de que sua casa, em Capitola (perto de Tallahassee,capital do Estado) havia sido rasgada pelo vento. Voltou e achou pedaços do teto de metal do vizinhoenganchados em suas árvores."Basta um desse tornados para que toda uma vida pagando segurostenha valido a pena", disse Thornton. "Sinto-me abençoado porestarmos todos bem." Presos foram postos para trabalhar no corte de velhoscarvalhos cortados ao meio pela tempestade, que segundo osmoradores começou e parou muito rapidamente. Em vários lugareshá registro de carros virados pelo vento. O Centro de Previsões de Tempestades do departamentometeorológico contabilizou 368 tornados em janeiro e fevereiro,bem acima da média dos últimos três anos, de pouco menos de 60tornados nesses dois meses de inverno. No começo de fevereiro, uma onda de tornados -- a pior emduas décadas nos EUA -- matou pelo menos 57 pessoas em quatroEstados. Os tornados podem conter ventos de mais de 500 quilômetrospor hora. Ocorrem a qualquer época do ano, mas a temporadanormalmente só se intensifica a partir de março. A atividade prematura deste ano se deve a um padrãoclimático excepcional que provoca ondas sucessivas de baixapressão nos EUA, segundo Greg Dial, do Centro de Previsão deTempestades. "Esses padrões não duram para sempre," afirmou. Alguns climatologistas dizem que seria razoável atribuir aantecipação dos tornados ao aquecimento global, mas nãonecessariamente um aumento no número de tornados, já que o fimda temporada também ocorreria antes. Cerca de 800 tornados são registrados por ano nos EUA, amaioria na "Alameda dos Tornados", uma planície entre asMontanhas Rochosas e os Montes Apalaches. Eles matam em média80 pessoas por ano no país. (Reportagem adicional de Michael Christie)

MICHAEL PELTIER, REUTERS

07 de março de 2008 | 18h12

Tudo o que sabemos sobre:
CLIMAEUATORNADOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.