Participantes da Gincana Ecológica recolhem lixo na Baía de Guanabara

Cerca de cem jovens em veleiro participaram da ação nesta quarta-feira

Agência Brasil

09 Junho 2010 | 19h33

RIO DE JANEIRO - Cerca de 100 jovens em veleiros recolhem durante toda esta quarta-feira, 9, lixo na Baía de Guanabara, em Niterói, no Rio de Janeiro, durante a 1ª Gincana Ecológica. A atividade comemora a Semana do Meio Ambiente.

 

O objetivo da gincana, promovida pelo Projeto Grael, é conscientizar os jovens do projeto e o público em geral sobre o problema dos resíduos sólidos, além de estimular o trabalho em grupo dentro da instituição.

 

"O objetivo é conscientizar as pessoas na faixa etária entre 9 e 24 anos sobre o lixo na Baía de Guanabara. Até para saberem que o lixo pode ser o da sua casa, eles vão separá-lo a fim de conhecer essa diferenciação. Haverá uma premiação para a equipe que mais coletar lixo, e uma fala instrutiva ao final", disse a coordenadora de Projetos Ambientais do Projeto Grael, Valéria Braga.

 

Vários veleiros e instrutores dão suporte ao evento, com o apoio da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), que disponibilizará todo o material para a limpeza e recolherá o lixo ao final da gincana. Também participa da atividade a equipe do Projeto Baía de Guanabara, responsável pelo monitoramento das correntes marítimas.

 

O Projeto Grael foi criado há 12 anos pelos irmãos Torben e Lars Grael e por Marcelo Ferreira. O trabalho tem como foco o esporte vinculado à educação. Em março deste ano, o projeto inaugurou a primeira unidade fora do Rio, no município de Três Marias, em Minas Gerais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.