TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO
TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO

Pandemia dá o tom em projetos da Virada Sustentável

Evento com parceria do 'Estadão' começa hoje, abordando iniciativas premiadas de São Paulo, Bogotá, Medellín, Guadalajara e Santiago

Priscila Mengue, O Estado de S.Paulo

02 de setembro de 2021 | 05h00

São Paulo, Guadalajara, Santiago, Medellín e Bogotá. Em comum, estas capitais latino-americanas realizam há cinco anos projetos premiados na competição internacional Mayors Challenge, cujas propostas de inovação da vida urbana passaram por adaptações ou novas experiências na pandemia da covid.

O resultado dessas cinco experiências será apresentado nesta quinta-feira, às 10h30, no primeiro dia da 11ª Virada Sustentável, no painel Inovação urbana na prática: experiências bem-sucedidas na América Latina. A participação é gratuita, no site oficial do evento.

Entre os projetos está o Visor Urbano, desenvolvido em Guadalajara e que hoje funciona em outras 17 cidades do mesmo estado, Jalisco, no México. A iniciativa consiste em uma plataforma virtual com informações e ferramentas para o licenciamento de construções de edificações e de negócios, a fim de trazer transparência e celeridade, além de reduzir os riscos de corrupção e judicialização. "É uma estratégia de empoderar a cidadania das pessoas e resguardar o desenvolvimento urbano (por prever que apenas o que se encaixa na legislação vá adiante)", comenta o advogado Christian Correa, diretor do Visor Urbano Jalisco. Segundo ele, também facilitou a adaptação pública ao home office na pandemia. 

Rapidez

Como relata Correa, anteriormente o morador precisava ir várias vezes aos órgãos responsáveis com mais e mais documentos. Hoje, ele consegue visualizar tudo o que precisa entregar no site, dar início aos trâmites e, para pequenos negócios, pedir a autorização via internet, com aprovação em alguns minutos.

"Qualquer cidadão, mesmo que não tenha conhecimento de temas do urbanismo, pode saber quantos andares uma edificação pode ter em um lugar ou quais negócios são permitidos para abrir na sua casa", aponta o advogado. "Essa informação sempre foi pública, mas estava em lugares muito escondidos."

Outro projeto é o Juntos Santiago, voltado à promoção de hábitos saudáveis e ao combate à obesidade infantil. Originalmente, é focado na realização de competições entre escolas com jogos de tabuleiros educativos elaborados por uma equipe interdisciplinar (de áreas como nutrição, enfermagem, pedagogia e educação física) e relacionados com pontos icônicos da capital chilena. Os estudantes competem em turmas. Os melhores resultados levam a novas fases e à premiação, com equipamentos esportivos, como mesas de pingue-pongue. Até a pandemia, quase 7 mil participaram.

Com a covid-19, o entendimento dos realizadores foi que o projeto se tornou ainda mais necessário, pela tendência dos alunos ao sedentarismo e à alimentação inadequada dentro de casa. Segundo Macarena Carranza, gestora da iniciativa, a ideia é que ela siga em modelo híbrido após o retorno às aulas presenciais, em que a parte online poderá complementar e ainda atingir um público maior.

Grande vencedora da competição internacional, promovida pela Bloomberg Philanthropies, a cidade de São Paulo realiza o Ligue os Pontos em bairros do extremo sul. O principal objetivo é qualificar produtores rurais e interligar essa cadeia produtiva às demandas por alimentos de outras áreas da cidade.

Analista de Políticas Públicas e Gestão Governamental no projeto, Lia Palm ressalta que ele se tornou mais necessário no cenário de insegurança alimentar da pandemia. Entre os participantes há produtores de diferentes perfis, desde famílias há gerações no ramo até uma população de baixa renda.

Em nível individual, essas pessoas recebem assistência técnica e atendimento periódico, com orientação para identificar necessidades, vocação, vontades etc. Há um incentivo para a transição para a agroecologia e produção de orgânicos, embora não seja obrigatória. Como outros projetos da competição, São Paulo também fez trocas de experiências e discussões com outras cidades. Também foi criado um selo de certificação, exemplo a ser replicado em outros Estados que procuraram o Ligue os Pontos.

Destaques da programação da Virada Sustentável

  • Painel com Ricardo Young: 2 de setembro, às 9h30. Online.
  • Painel Inovação Urbana na Prática: 2 de setembro, às 10h45. Online.
  • Exposição Sem Saída (Andy Singer): de 2 a 22 de setembro. Estação Tatuapé do Metrô.
  • Show de Lenine: 4 de setembro, às 20h. Online.
  • Show de Gal Costa: 11 de setembro, às 20h. Online.
  • Show de Zeca Baleiro e Banda: 12 de setembro, às 15h. Online.
  • Palestra de Jeffrey Sachs: 13 de setembro, às 10h. Online. 
  • Évolon (balé aéreo): 18 de setembro, às 12h e às 16h. Ponte Estaiada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.