Panda ataca estudante que entrou na jaula para abraçá-lo

Homem de 20 anos saltou a barreira protetora do zoológico, ignorando as advertências de perigo

Reuters,

22 Novembro 2008 | 12h12

Um panda de um zoológico no sul da China atacou um estudantes que entrou na jaula do animal em busca de um abraço, informaram meios locais neste sábado, 22. O homem de 20 anos, apelidado de Liu, saltou a barreira protetora do parque localizado na cidade turística de Guilin, ignorando as advertências de perigo, de acordo com a agência de notícias Xinhua. "O panda, chamado Yangyang, estava acordado. Aparentemente assustado com o intruso, mordeu os braços e as pernas de Liu", disse um funcionário não identificado do lugar, depois que os encarregados do zoológico conseguiram acalmar o urso e resgatar o homem. "Yangyang era tão lindo e eu só queria abraçá-lo", disse Liu do hospital onde foi internado. "Não esperava que ele me atacasse", acrescentou.  Os pandas são uma espécie em pergio de extinção e os cientistas acreditam que existem menos de 2 mil pandas gigantes em estado selvagem na China.

Mais conteúdo sobre:
pandaChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.