Países do Caribe planejam sistema de alerta de tsunami para 2010

Os países caribenhos acertaramna quinta-feira no Panamá estabelecer um centro conjunto dealerta de tsunamis antes do fim da década. Simpatizantes do projeto querem que o centro retransmitainformação de institutos nacionais de geologia da região, o quepoderia criar um sistema de alerta para ajudar a evitar mortese danos à infra-estrutura em caso de tsunami.O secretário-executivo da comissão oceanográficaintergovernamental das Nações Unidas, Peter Koltermann, disseem uma reunião de cerca de 30 países caribenhos que é"provável" que um tsunami impacte a região em algum momento. Ele afirmou que um centro regional de alerta poderia ajudara prevenir desastres como o tsunami ocorrido em 2004 no oceanoÍndico, que provocou a morte de cerca de 230.000 pessoas.Koltermann disse durante uma sessão na quarta-feira que "asituação no oceano Índico era similar à dos caribenhos. Ninguémacreditava que aconteceria, mas aconteceu". Apesar de a maioria dos tsunamis ocorrer no oceanoPacífico, especialistas estimam que houve perto de 105 tsunamisno Caribe e áreas próximas nos últimos 500 anos, incluindo umno Panamá em 1882, que deixou mais de 4.500 mortos. Não está claro onde ficaria o centro de alerta. Barbados,Porto Rico e Venezuela foram indicados como possíveis sedes porparte de fontes familiarizadas com o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.