Órgão federal dos EUA proíbe 18 Estados de limitar CO2

Decisão da agência ambiental americana, contra regra estadual, provoca polêmica e deve ir aos tribunais

Associated Press,

20 de dezembro de 2007 | 11h25

Agentes reguladores federais derrubaram a pretensão da Califórnia de impor os primeiros limites estaduais à emissão de gases causadores do efeito estufa por automóveis e caminhões, ao se recusarem a emitir uma autorização de que o Estado precisa para pôr suas regras em prática.   Recuo dos EUA leva a 'acordo histórico' em Bali   "O governo Bush está avançando com uma solução nacional clara, e não com retalhos de regras estaduais", disse o administrador da Agência de proteção Ambiental (EPA), Stephen L. Johnson. "creio que esta é uma abordagem melhor que os Estados agirem sozinhos".   A decisão, longamente aguardada, representa um grave revés para a Califórnia e pelo menos outros 16 Estados que buscam novas regras para atingir metas de combate ao aquecimento global. Trata-se de uma vitória para os fabricantes de automóveis, que afirmavam que teriam suas vendas prejudicadas em Estados que adotassem os padrões californianos.   Os limites para a emissão de gases por escapamentos adotados pela Califórnia em 2004 teriam forçado os fabricantes a cortar as emissões de seus automóveis em 30% até 2016, com os cortes começando nos carros modelo 2009.   Sob a Lei do Ar Limpo, o Estado precisava de uma autorização da EPA para implementar as regras.   "É frustrante que o governo federal fique no nosso caminho e ignore a vontade de dezenas de milhões de pessoas desta nação", disse o governador Arnold Schwarzenegger. "A Califórnia foi à Justiça para forçar a agência a decidir sobre nossa autorização, e agora irá à Justiça para derrubar a decisão".   Outros 12 Estados - Connecticut, Maine, Maryland, Massachusetts, New Jersey, Novo México, Nova York, Oregon, Pensilvânia, Rhode Island, Vermont e Washington - já haviam adotado os padrões californianos, e os governos de Arizona, Colorado, Flórida e Utah planejavam seguir o exemplo. A norma também está em estudos em Iowa.   Com a decisão da EPA, esses Estados também ficam impedidos de prosseguir.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.