ONU lança oficialmente o 'Ano do Gorila'

Primatas são ameaçados de extinção devido a doenças, como o ebola, caça e desmatamento

AP

01 Dezembro 2008 | 18h30

O "ano do gorila" começou nesta segunda-feira, 1º - uma tentativa da ONU de levantar fundos para os primatas ameaçados de extinção devido a doenças, caça e desmatamento.   Representantes da ONU disseram esperar levantar cerca de US$ 630 mil para projetos que combatam as pricipais ameaças aos animais.   "Precisamos usar os recursos que levantarmos para promover o turismo de observação de gorilas, para conseguir mais equipamentos para as patrulhas que protegem os animais", disse Robert Hepworth. "Precisamos fazer mais para conservar seu habitat."   O ano do gorila foi lançado em uma cerimônia em Roma, onde o príncipe Albert II de Mônaco e representantes de mais de 100 países se reúnem, nesta semana, para discutir medidas de proteção para cerca de 30 espécies ameaçadas por poluição, mudança climática e caça.   Os gorilas são ameaçados por doenças incluindo o ebola, pelo desmatamento e conflitos armados. Eles também são caçados como alimento e seus filhotes capturados como animais de estimação.

Mais conteúdo sobre:
meio ambiente

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.