Onda polar leva temperatura na Grã-Bretanha a recorde de baixa

Uma onda polar que afeta a Grã-Bretanha levou as temperaturas para um recorde de baixa no País de Gales e na Irlanda do Norte, em seu novembro mais gelado desde os primeiros registros da região, disse neste domingo o Departamento de Meteorologia.

REUTERS

28 Novembro 2010 | 16h43

Os termômetros em Powys, no País de Gales, chegaram a 18 graus centígrados abaixo de zero, enquanto na Irlanda do Norte foram registrados 9,5 graus negativos.

Na Escócia, a temperatura durante a noite caiu para menos 15,3 graus. Na Inglaterra os termômetros marcaram 13,5 graus negativos em North Yorkshire.

O Departamento de Meteorologia emitiu alertas climáticos de fortes nevascas em grande parte da Escócia e na região noroeste da Inglaterra. A entidade acrescentou que o acúmulo de neve pode chegar a 25 centímetros na região das Highlands escocesas.

As previsões apontam frio e neve durante alguns dias, acompanhados de geadas.

"As temperaturas mais baixas durante a noite que temos visto podem persistir pelas próximas semanas, uma vez que o clima frio e de neve continua", disse o chefe do departamento, Steve Willington.

Braemar, localizada nas Highlands da Escócia, registra a temperatura mais baixa no Reino Unido durante novembro. Em novembro de 1919, os termômetros marcaram 23,3 graus abaixo de zero.

(Reportagem de Tim Castle)

Mais conteúdo sobre:
CLIMA GRABRETANHA TEMPERATURA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.