Obama se diz 'otimista' com papel dos EUA contra efeito estufa

O presidente reconheceu que a Europa esteve na dianteira do processo em relação ao tema, nos últimos anos

EFE,

05 Junho 2009 | 15h46

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse estar mais "otimista" com o papel que o país poderá desempenhar na luta contra a mudança climática, em entrevista coletiva conjunta com a chanceler alemã, Angela Merkel.

 

Entenda as negociações do novo acordo sobre mudança climática

 

Obama se reuniu com Merkel em um encontro bilateral em Dresden, Alemanha, antes de visitar o campo de concentração de Buchenwald, onde, durante a Segunda Guerra Mundial, cerca de 56 mil pessoas podem ter morrido.

 

"Sinto-me agora mais otimista que antes sobre o papel de líder que os EUA podem desempenhar" em relação à mudança climática, afirmou Obama.

 

Ele expressou a disposição americana de se unir à Europa, "que, nestes últimos anos, esteve à frente de nós" na luta contra este problema.

 

O Congresso dos Estados Unidos tramita um projeto de lei para reduzir as emissões poluentes em 17% até 2020, o que as colocaria ao nível de 2005.

 

Obama transformou a luta contra a mudança climática em uma das prioridades de seu mandato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.