Obama ordena corte nas emissões de CO2 do governo

Trata-se de uma tentativa de usar o governo como exemplo, para cobrar cortes do setor privado

AP,

05 Outubro 2009 | 18h22

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pôs o governo americano numa dieta de gases do efeito estufa.

 

Em ordem executiva assinada nesta segunda-feira, 5, Obama determina que todas as agências estabeleçam metas de redução da poluição que afeta o clima e que é produzida por prédios oficiais, frotas e pelo transporte de funcionários públicos.

 

A ordem também determina uma redução no consumo de petróleo.

 

Trata-se de uma tentativa de usar o governo como exemplo, no momento em que a administração se prepara para exigir das fábricas de automóveis e outros complexos industriais que reduzam suas emissões.

 

Em 2007, o então presidente George W. Bush já havia baixado uma ordem determinando a redução de combustíveis fósseis pelo governo, mas sem exigir metas.

Mais conteúdo sobre:
obamaaquecimento global

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.