Obama e Wen realizam conversa 'construtiva' sobre clima

Divergência entre EUA e China é vista como um dos principais entraves na busca pelo acordo climático

REUTERS

18 Dezembro 2009 | 11h50

O presidente norte-americano, Barack Obama, e o premiê chinês, Wen Jiabao, se encontraram nesta sexta-feira, 18, por quase uma hora em reunião separada durante a conferência da ONU sobre mudanças climáticas na sexta-feira, numa reunião que a Casa Branca considerou ser um "passo adiante".

 

Veja também:

Cúpula sobre clima tem última tentativa antes de naufrágio

linkLula e Obama divergem posições em discursos na COP-15

linkNovo esboço de acordo não detalha metas de emissão

blog Blog da COP: o dia a dia na cúpula

especial COP-15, acompanhe os principais fatos

especial Glossário sobre o aquecimento global

especial Entenda as negociações do novo acordo  

 

"Eles tiveram uma discussão construtiva que tocou em...todos os assuntos chaves", o porta-voz disse à imprensa.

"Eles agora direcionaram seus negociadores para construir uma base bilateral incluindo também os outros países para ver se um acordo pode ser alcançado".

 

Pouco antes, os dois realizaram seus discursos perante líderes mundiais, durante a conferência sobre o clima patrocinada pela ONU. Um funcionário da Casa Branca afirmou que a conversa entre os dois líderes foi construtiva e que Obama e Wen pediram a seus respectivos negociadores que falassem entre si e com os outros países, para ainda buscar um acordo.

 

A China e os Estados Unidos são os maiores emissores de gases de efeito estufa no mundo e podem ser a chave para um resultado bem-sucedido nas conversações de Copenhague para um acordo internacional para o combate ao aquecimento global.

 

(Com agência Dow Jones)

Mais conteúdo sobre:
AMBIENTE OBAMA CHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.