Novo filhote de panda é atração no Zôo de Atlanta nos EUA

Funcionários não saberão o sexo do filhote por algumas semanas, enquanto a mãe não os deixar tocar no bebê

AP

01 Setembro 2008 | 20h12

Um grande número de visitantes veio visitar o único panda nascido em um zoológico dos Estados Unidos este ano e assistir a mãe e o filho em um vídeo ao vivo no Zôo de Atlanta nesta segunda-feira, 1.   O pequeno filhote sem pêlos - que é do tamanho de um manteiga - está fechado com sua mãe, Lun Lun, na maternidade do zôo, onde permanecerão por vários meses.   O filhote nasceu no domingo, 31, apenas uma semana antes do segundo aniversário de Mei Lan, o primeiro filhote de panda do zoológico.   "Você pode ir a qualquer zôo para ver elefantes, mas não verá pandas em qualquer um", disse Christy Moonan, cujos filhos trouxeram pequenos pandas de pelúcia nessa visita ao zôo para assistir o pequeno panda pela televisão.   Funcionários do zoológico não saberão o sexo do filhote por algumas semanas, enquanto Lun Lun não os deixar tocar no bebê, disse Megan Wilson, curadora assistente de carnívoros no zôo. Por enquanto, a mãe panda está amamentando e cuidando do filhote assim como ela fez com Mei Lan, acrescentou.   O pai, Yang Yang, e Mei Lan foram mantidos em espaços separados de Lun Lun e o novo filhote, isso porque pandas machos normalmente não ficam com seus filhotes na natureza.   Lun Lun foi inseminada por funcionários do zôo com sêmen de Yang Yang em abril.

Mais conteúdo sobre:
pandaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.