Ken Bohn/San Diego Zoo/Reuters
Ken Bohn/San Diego Zoo/Reuters

Novo exemplar de 'lagartixa satânica' nasce no Zoológico de San Diego (EUA)

Espécie nativa de Madagáscar pesa menos de 1 grama e é menor que uma moeda de dez centavos

Reuters

04 Janeiro 2011 | 12h04

O primeiro filhote de 2011 do Zoológico de San Diego, nos Estados Unidos, é uma lagartixa Uroplatus phantasticus, nativa de Madagáscar, na África, e mais conhecida como lagartixa satânica de cauda de folha.

O animal nasceu no dia 1º e vive em um dos sete zoos do país a abrigar essa espécie (apenas dois deles a reproduzem em cativeiro).

A lagartixa, que ainda não tem nome - apenas um número: 911.001 -, pesa menos de um grama e é menor que uma moeda americana de dez centavos. O réptil tem um irmão que nasceu no dia 26 de dezembro. Ainda não se sabe o sexo dos dois.

"É maravilhoso ser capaz de dar origem a essa criatura rara", disse o gerente de cuidados com animais do zoológico, John Kinkaid. O local mantém duas lagartixas satânicas machos, três fêmeas e três filhotes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.