Novo esboço de acordo da COP não detalha metas de emissão

Rascunho confirma plano de arrecadar conjuntamente US$ 100 bi por ano para ajudar os países mais pobres

Agência Estado,

18 Dezembro 2009 | 10h30

Um novo esboço do acordo climático negociado em Copenhague ao longo dos últimos 12 dias não especifica nenhuma meta de redução de emissões de gás carbônico, disse uma fonte familiar ao processo diplomático ao Wall Street Journal.

 

Veja também:

linkBrasil pode contribuir para fundo de apoio a países pobres, diz Lula

link'Estou rindo para não chorar', diz Lula em Copenhague

linkEm entrevistas, Lula nega que Brasil pretenderia 'vender' Amazônia

blog Blog da COP: o dia a dia na cúpula

especial COP-15, acompanhe os principais fatos

especial Glossário sobre o aquecimento global

especial Entenda as negociações do novo acordo  

especialRumo à economia de baixo carbono    

 

O rascunho diz que as partes envolvidas apoiam a meta de arrecadar conjuntamente US$ 100 bilhões por ano até 2020 para ajudar os países mais pobres a mitigarem os efeitos do aquecimento global.

 

Segundo esse documento, o dinheiro seria procedente de diversas fontes: haveria capital público e privado, bilateral e multilateral e fontes alternativas de financiamento.

 

O texto também reconhece o ponto de vista científico segundo o qual a elevação da temperatura do planeta não deve exceder os 2 graus Celsius em comparação com os níveis anteriores à Revolução Industrial. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.