Neve na Europa fecha aeroportos, escolas e escritórios

Uma forte nevasca suspendeu viagens de trem e avião ao redor da Europa nesta segunda-feira, incluindo todos os vôos no principal aeroporto de Londres. Também cobertas de neve, Paris e cidades vizinhas tiveram muitas viagens aéreas, ferroviárias e rodoviárias canceladas. O tráfego na capital alemã, Berlim, estava quase completamente parado. Dezenas de milhares de pessoas foram aconselhadas a não ir ao trabalho em Londres, cidade que teve sua pior nevasca em quase 20 anos. Todos os ônibus tiveram suas viagens canceladas e centenas de escolas ficaram fechadas no país, deixando as crianças livres para brincar e montar bonecos de neve em seus jardins. "Prefiro andar de trenó do que ir para a escola", disse Georgie Cunliffe, de 7 anos, que brincava em um parque londrino. As condições parecidas às do norte europeu transformaram a Grã-Bretanha em um caos, já que sua infraestrutura não está preparada para tanto frio. Líderes empresariais ingleses disseram que o prejuízo estimado somente na capital britânica é de 48 milhões de libras (69 milhões de dólares), devido à produtividade perdida. Todos os vôos saindo ou chegando a Heathrow foram cancelados. Os outros três aeroportos comerciais de Londres sofreram atrasos severos e cancelamentos. As autoridades rodoviárias alertaram para as péssimas condições para dirigir nas estradas do sul e do centro de Londres. Os aeroportos de Dublin, Cork e Belfast também foram forçados a cancelar alguns vôos. Uma aeronave da Cyprus Airways escapou da pista pouco após aterrissar no aeroporto de Larnaca, no Chipre, mas não houve nenhuma consequência grave.

KATE KELLAND, REUTERS

02 Fevereiro 2009 | 11h48

Mais conteúdo sobre:
CLIMA NEVE EUROPA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.