Nevasca incomum em Roma leva prefeitura a fechar Coliseu

Uma forte nevasca na região central de Roma deu aos turistas uma rara visão dos pontos turísticos cobertos de neve, como a Praça de São Pedro e a Fontana di Trevi. O Coliseu e o Foro Romano foram fechados por causa das condições do gelo.

REUTERS

03 Fevereiro 2012 | 12h04

A queda de neve é a mais forte na capital italiana desde a década de 1980. Em torno de 40cm de gelo havia caído nos arredores da cidade por volta de meio-dia. A previsão é que a neve se intensifique ao longo do dia e durante a noite, antes de o tempo melhorar, no sábado.

O prefeito Gianni Alemanno instruiu as escolas a continuarem abertas nesta sexta e no sábado, mas não ministrarem aulas para que as crianças que não conseguirem comparecer não sejam prejudicadas. Segundo Alemanno, apenas 5 por cento das crianças foram à escola.

A neve não costumeira causou engarrafamentos no trânsito em torno da cidade antiga.

Muita neve caiu em grande parte da Itália esta semana causando interrupções nos serviços de trens e no transporte rodoviário, especialmente nas regiões montanhosas do Piemonte, Emília Romana, Toscana e Úmbria.

(Por Gavin Jones)

Mais conteúdo sobre:
AMBIENTE NEVE COLISEU FECHADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.