Nevasca causa blecaute e mortes nos EUA; frio mata na Índia

Camadas de gelo de até 2,5 centímetros de espessura cobriam estradas de muito do meio-oeste americano

12 de dezembro de 2007 | 18h06

Uma tempestade que derramou neve e chuva gelada sobre a região central dos EUA, causando pelo menos 23 mortes e deixando cerca de um milhão de residências e locais de trabalho sem energia elétrica, finalmente começa a dar sinais de arrefecer, mas outra tormenta de inverno está em formação sobre as pradarias do sul dos Estados Unidos.  Imagens do frio no mundo   O novo sistema deverá trazer mais neve e chuva gelada a Oklahoma, Missouri e Texas, mas não tanto quanto a tempestade anterior, de acordo com o Serviço Meteorológico Nacional. Camadas de gelo de até 2,5 centímetros de espessura cobriam estradas de muito das pradarias centrais e do meio-oeste. A maior parte das mortes atribuídas à tempestade ocorreram em desastres automobilísticos. Meteorologistas afirmam que mais neve, gelo e chuva devem atingir as regiões centrais e a Nova Inglaterra. O blecaute em Oklahoma foi o pior já registrado no Estado, com cerca de 600 mil locais afetados, e autoridades afirmam que podem se passar até dez dias antes que a rede esteja plenamente restabelecida. Na Índia, uma onda de frio atinge o Estado de Uttar Pradesh e já causou oito mortes, segundo autoridades locais.

Tudo o que sabemos sobre:
invernoeuaíndiafrio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.