Navio derrama petróleo após colisão no mar sul-coreano

Petroleiro e pesqueiro se chocam; temperatura da água acelera evaporação e evita maior desastre ambiental

Efe,

12 de março de 2008 | 07h18

Um petroleiro sul-coreano colidiu com um pesqueiro no litoral do sul do país e derramou no mar aproximadamente 1.200 barris de petróleo sem chegar a causar danos ambientais, informou nesta quarta-feira, 12, a agência Yonhap.  Foto: Associated Press O acidente aconteceu na noite desta terça-feira a cerca de 70 quilômetros do litoral da cidade de Yeosu (Coréia do Sul), quando o petroleiro sul-coreano Hunghyang, de 4.050 toneladas, chocou-se contra um pesqueiro sul-coreano de 90 toneladas. Apesar das grandes dimensões do petroleiro, foi derramada no mar apenas uma pequena quantidade de petróleo, que está evaporando de forma natural graças à alta temperatura da água no local, segundo a Guarda Costeira local, citada pela Yonhap. Segundo as autoridades marítimas, aproximadamente 50 navios foram ao local do acidente para as tarefas de limpeza e para evitar que o vazamento se estendesse.

Tudo o que sabemos sobre:
Coréia do Sulpetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.